Diário de Maria

A Vila V

novembro 14, 2013Ricardo Santo



Maria mergulhou no abismo de prazer, caindo desamparada na luxuria tal e qual uma Alice no País das Maravilhas, estava completamente inebriada com a presença das duas loiras. Não sentia tamanho envolvimento desde a última visita à mansão, onde o seu corpo foi exposto, manipulado e usurpado de forma tão violenta que deixou marcas durante diversos dias. A intensidade foi de tal forma vivida na pele que quase salivava antecipando o próximo evento. Os acontecimentos daquela tarde na vila não eram muito diferentes, aquela entrega perversa entre três corpos era por demais excitante, especialmente por ter sido recebida de surpresa e sem qualquer antecipação, mais uma vez o seu lema de vida acabou por fazer sentido, antes arrependida por algo que tinha feito do que arrependida por algo que tivesse deixado por fazer. Ainda de olhos bem fechados conseguia sentir o seu néctar quente a escorrer pelas pernas, pequenos fios de prazer libertando-se do seu corpo, misturando-se com o suor instalado. Os seus volumosos seios latejavam, quentes, doridos de tanta massagem recebida e o que dizer daquele odor, aquele cheiro intenso a sexo, a corpos esfregados, a humidade veemente, implantado naquele anexo deixava-a completamente extasiada. Era para momentos como este que vivia, aqueles pequenos segundos onde caia do precipício, totalmente desprotegida e sem modo de parar a queda. Era tesão pura…

Continua...

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Tumblr

Contact